(47) 3361-3932        Seg - Sex: 9:00 - 18:00        [email protected]
Troca de Solo: Saiba quando essa operação é aplicada na terraplenagem

Troca de Solo: Saiba quando essa operação é aplicada na terraplenagem

A técnica da troca de solo é empregada na terraplenagem quando a consistência original do terreno não é boa e firme o suficiente para resistir às futuras cargas.

troca do solo

A troca de solo é uma das operações aplicadas em projetos de terraplenagem. O ato de terraplenar envolve escavar ou encher de terra uma área, para deixar o terreno aplainado ou em platôs bem definidos. O objetivo principal é atender projetos topográficos, movimentando quantidades de solo, para reforçá-lo ou torná-lo seguro para construção. Em geral, a função da terraplenagem é aperfeiçoar os terrenos, principalmente com o objetivo de nivelar, encher e retirar o excesso do solo existente. Relacionado à construção civil, esse processo é feito na maioria das construções. Sejam obras de pequeno, médio ou grande porte, a terraplenagem costuma ser realizada.

Para saber se a troca de solo é necessária, a terraplenagem precisa ser feita com responsabilidade e deve começar antes mesmo das máquinas chegarem no local. É importante realizar um estudo detalhado, investigando as características do terreno. Nesse estudo deve ser observado o comportamento do solo, projetando a terraplenagem de modo a conferir segurança. Devem ser levados em consideração também, o dimensionamento das eventuais contenções e muros de arrimo, estabilidade dos taludes de corte e aterro, estimativa de recalques e a verificação da suscetibilidade à erosão do solo para minimizar suas consequências.

Leia também: Terraplenagem ou Terraplanagem? Saiba qual expressão usar

Após realizada todas as análises necessárias para o desenvolvimento de um planejamento responsável e seguro, começam a ser aplicadas às operações da terraplenagem, como as escavações, aterramento, compactação, troca de solo, drenagem e prevenção à erosão. A troca de solo é o tema abordado no texto de hoje, entenda melhor no tópico a seguir:

Troca de Solo

A técnica de troca de solo é utilizada quando a consistência do solo original não é boa, ou seja, não é firme o suficiente para suportar a carga da futura edificação. O estudo do solo é feito por meio de Sondagem, que é a remoção de amostras do solo em determinadas profundidades para estudo laboratorial, para definição de quantos metros abaixo da topografia original deverá ser feita a escavação. Após escavado o terreno para remoção do solo inconsistente, é realizado o processo de aterro com compactação para adequar o terreno às cotas exigidas no projeto.

As etapas de terraplenagem são todas importantes e cheias de macetes, não só a troca de solo. Para isso, o conhecimento do solo, das máquinas e do material são fundamentais para um trabalho de qualidade. Pular essas etapas pode ser um erro e trazer prejuízos futuros irreparáveis. Economizar durante o processo de terraplenagem pode acarretar outros custos que não estavam previstos e comprometer todo seu projeto. Dê preferência sempre para empresas certificadas, que trabalham com profissionais qualificados.

Leia também: Como evitar a erosão do solo na terraplenagem

Assim como a troca de solo, outras operações podem ser indispensáveis para desenvolver um trabalho de qualidade. Seguindo essas dicas você terá um solo firme para iniciar sua obra. Gostou dessas informações? Compartilhe com seus amigos! Se ficou com dúvidas, envie sua pergunta, ficaremos felizes em ajudar. Veja outras dicas de terraplenagem.

Deixe uma resposta

Fechar Menu