(47) 3361-3932        Seg - Sex: 9:00 - 18:00        [email protected]
Terraplenagem ou Terraplanagem? Saiba qual expressão usar

Terraplenagem ou Terraplanagem? Saiba qual expressão usar

Terraplenagem ou terraplanagem?

A dúvida entre terraplenagem ou terraplanagem é mais comum do que se imagina. Ao se referir ao ato ou efeito de terraplenar, é normal a incerteza de qual das duas expressões é mais indicada. Atualmente as duas palavras existem na língua portuguesa, mas é adequado utilizar a palavra terraplenagem, com “E”, justificada pela origem do termo. De acordo com o Houaiss, a origem tem forma histórica datada de 1877, provém de “terraplenar + -agem”. Corresponde ao conjunto das operações necessárias para se proceder uma construção e que consiste no desmonte e transporte de terras no aterro.

É importante ressaltar que no vocabulário Ortográfico da Academia Brasileira de Letras: há o registro das duas formas – terraplenagem ou terraplanagem. Sendo que a palavra terraplenagem é a mais utilizada pelos falantes, considerada a mais correta e socialmente aceita. A palavra terraplanagem aparece nos dicionários como uma forma não preferencial de terraplenagem. Existe na língua portuguesa, palavras que apresentam mais do que uma grafia correta. A estas palavras chamamos formas gráficas variantes. Embora haja sempre uma forma preferida e mais utilizada pelos falantes, todas as formas são corretas.

Leia também: Terraplenagem: Tudo que você precisa saber antes de contratar uma empresa para executar o projeto

O que é terraplenagem?

A palavra terraplenagem significa ato ou efeito de terraplenar, encher de terra os vãos de um terreno para ele ficar plano. Uma ação necessária em praticamente toda obra da Construção Civil. O trabalho tem início com as investigações das características do terreno, onde é feito uma avaliação do comportamento do solo para projetar um serviço seguro e eficaz. Durante esse processo é preciso levar em consideração o dimensionamento das contenções e muros de arrimo, a estabilidade dos taludes de corte e aterro, a estimativa de recalques e a verificação da suscetibilidade à erosão do solo para minimizar suas consequências.

Após as análises a terraplenagem ou terraplanagem continua com operações de escavação, aterramento, compactação, troca de solo, drenagem e prevenção à erosão. A escavação é adotada quando há a necessidade de rebaixamento da topografia natural do terreno para o nível estabelecido no projeto de construção.  Já o aterramento tem o objetivo de elevar o nível de determinado ponto. A compactação consiste em compactar o solo utilizando equipamentos que comprimem a terra com seu peso e vibração, a fim de torná-la firme e resistente para suportar a edificação. Já a troca de solo é empregada quando a consistência original do terreno não é boa e firme o suficiente para resistir às futuras cargas. A drenagem é realizada com a criação de canais em locais estratégicos para vazão da água, em terrenos onde há excesso de umidade. A ação mais utilizada para prevenção de erosões é a criação de curvas de nível, cortes ao longo do talude que captam a água que escorre pela terra a fim de não deixar que esta crie velocidade e desagregam o solo, levando consigo sedimentos e abrindo valas.

Leia também: Conheça os principais tipos de demolição e sua aplicação

Ainda ficou com dúvidas sobre terraplenagem ou terraplanagem? Faça-nos uma pergunta! Ficaremos felizes em ajudar. Veja outras dicas e novidades sobre terraplenagem.

Deixe uma resposta

Fechar Menu