(47) 3361-3932        Seg - Sex: 9:00 - 18:00        [email protected]
Terraplenagem ou Terraplanagem? Saiba qual expressão usar

Terraplenagem ou Terraplanagem? Saiba qual expressão usar

Terraplenagem ou terraplanagem?

A dúvida entre terraplenagem ou terraplanagem é mais comum do que se imagina. Ao se referir ao ato ou efeito de terraplenar, é normal a incerteza de qual das duas expressões é mais indicada. Atualmente as duas palavras existem na língua portuguesa, mas é adequado utilizar a palavra terraplenagem, com “E”, justificada pela origem do termo. De acordo com o Houaiss, a origem tem forma histórica datada de 1877, provém de “terraplenar + -agem”. Corresponde ao conjunto das operações necessárias para se proceder uma construção e que consiste no desmonte e transporte de terras no aterro.

É importante ressaltar que no vocabulário Ortográfico da Academia Brasileira de Letras: há o registro das duas formas – terraplenagem ou terraplanagem. Sendo que a palavra terraplenagem é a mais utilizada pelos falantes, considerada a mais correta e socialmente aceita. A palavra terraplanagem aparece nos dicionários como uma forma não preferencial de terraplenagem. Existe na língua portuguesa, palavras que apresentam mais do que uma grafia correta. A estas palavras chamamos formas gráficas variantes. Embora haja sempre uma forma preferida e mais utilizada pelos falantes, todas as formas são corretas.

Leia também: Terraplenagem: Tudo que você precisa saber antes de contratar uma empresa para executar o projeto

O que é terraplenagem?

A palavra terraplenagem significa ato ou efeito de terraplenar, encher de terra os vãos de um terreno para ele ficar plano. Uma ação necessária em praticamente toda obra da Construção Civil. O trabalho tem início com as investigações das características do terreno, onde é feito uma avaliação do comportamento do solo para projetar um serviço seguro e eficaz. Durante esse processo é preciso levar em consideração o dimensionamento das contenções e muros de arrimo, a estabilidade dos taludes de corte e aterro, a estimativa de recalques e a verificação da suscetibilidade à erosão do solo para minimizar suas consequências.

Após as análises a terraplenagem ou terraplanagem continua com operações de escavação, aterramento, compactação, troca de solo, drenagem e prevenção à erosão. A escavação é adotada quando há a necessidade de rebaixamento da topografia natural do terreno para o nível estabelecido no projeto de construção.  Já o aterramento tem o objetivo de elevar o nível de determinado ponto. A compactação consiste em compactar o solo utilizando equipamentos que comprimem a terra com seu peso e vibração, a fim de torná-la firme e resistente para suportar a edificação. Já a troca de solo é empregada quando a consistência original do terreno não é boa e firme o suficiente para resistir às futuras cargas. A drenagem é realizada com a criação de canais em locais estratégicos para vazão da água, em terrenos onde há excesso de umidade. A ação mais utilizada para prevenção de erosões é a criação de curvas de nível, cortes ao longo do talude que captam a água que escorre pela terra a fim de não deixar que esta crie velocidade e desagregam o solo, levando consigo sedimentos e abrindo valas.

Leia também: Conheça os principais tipos de demolição e sua aplicação

Ainda ficou com dúvidas sobre terraplenagem ou terraplanagem? Faça-nos uma pergunta! Ficaremos felizes em ajudar. Veja outras dicas e novidades sobre terraplenagem.

Este post tem um comentário

  1. Bom dia, tenho uma empresa de Terraplanagem em Curitiba. Todas as vezes que sou contratado para tal serviço, quando entro em contato direto com meu cliente, dificilmente eles sabem que a terraplanagem é uma parte muito importante da construção de qualquer obra!!

    https://www.tecter.com.br/

Deixe uma resposta

Fechar Menu