Abril 11 2018 0Comentário

Terraplenagem: Tudo que você precisa saber antes de contratar uma empresa para executar o projeto

Uma boa terraplenagem irá garantir a segurança da sua obra, por isso esse trabalho necessita da avaliação prévia de um profissional especializado.  

 

Terraplenagem significa ato ou efeito de terraplenar, encher de terra os vãos de um terreno para ele ficar plano. Consiste em uma técnica usada no âmbito da construção. É um processo que busca tornar determinado terreno plano. Uma técnica que deveria ser usada antes de iniciar qualquer obra, para evitar problemas na hora de construir uma casa ou edifício.

Um bom processo de terraplenagem começa antes mesmo de qualquer grande máquina chegar ao canteiro. O trabalho tem início com as investigações das características do terreno. Mesmo parecendo simples a primeira vista, a terraplenagem envolve algumas análises complexas, necessitando a avaliação prévia de um profissional especializado para avaliar o local e ver o que é possível ser feito.  

Antes de iniciar o trabalho para deixar o terreno plano, o processo inclui a limpeza do espaço, retirando eventuais detritos que lá estejam depositados, inclusive vegetação, restos de árvores e possíveis pedras de maior porte que possam prejudicar a construção em questão. Posteriormente as máquinas iniciam o processo de aplainar o terreno, retirando a terra dos locais mais altos e a depositam na parte mais baixa.

Para conseguir realizar a remoção e a realocação de terra são utilizadas máquinas retroescavadeiras, pá carregadeiras e tratores de esteira que fazem o nivelamento do solo de maneira eficiente e muito mais rápida do que aconteceria caso o trabalho fosse feito de maneira manual.

O estudo do terreno realizado pelo profissional irá indicar qual o método mais adequado para o projeto. Que podem ser classificados como:

Escavação: quando a terra é apenas retirada do local, quando há a necessidade de rebaixamento da topografia natural do terreno para o nível estabelecido no projeto de construção.

Aterramento: quando é preciso colocar terra no terreno, tem o objetivo de elevar o nível de determinado ponto. Quando o material proveniente das áreas de escavação do próprio terreno não é suficiente para atingir as cotas do projeto, é preciso realizar a importação de terra.

Drenagem: quando é feita a retirada de água em terrenos onde há excesso de umidade. É realizada a criação de canais em locais estratégicos para vazão da água.  

Destocamento: quando é preciso realizar a retirada de restos de árvores ou plantas.

Demolição: quando uma construção já existente é derrubada para dar lugar a outra.

Compactação do solo: quando são utilizados rolos compressores para gerar estabilidade ao terreno, compactando o solo, para torná-la tão firme e resistente quanto necessário para suportar a edificação. É imprescindível após o aterramento.

O mais importante é que a terraplenagem seja feita por uma empresa credenciada, com profissionais treinados para garantir a segurança da sua obra. Gostou dessas dicas? Se ficou com alguma dúvida, comente! Teremos o prazer de te ajudar! Para ficar por dentro de tudo que acontece no mercado da engenharia e arquitetura, veja dicas e novidades: aqui!

samantha

Responda ou escreva seu comentário