Saiba qual é o papel da TI no gerenciamento de obras

Saiba qual é o papel da TI no gerenciamento de obras

A cada ano que passa a tecnologia avança em ritmo ainda mais acelerado. Nos apropriar de determinadas ferramentas é fundamental para que possamos trabalhar com mais integração, agilidade e eficiência. Tudo isso tem relação com um fator muito importante para a construção civil, que é a comunicação. Essas características têm como principal propósito otimizar a gestão e a troca de informações. Por isso, hoje a Terra Brasil vai falar sobre como a o papel da TI no gerenciamento de obras é fundamental para o bom andamento dos projetos de construção civil.

Basicamente o papel da TI no gerenciamento de obras consiste na otimização da troca de informações e na criação de um ambiente digital seguro e funcional. Pode parecer algo simples, mas quando aplicamos todo o potencial das ferramentas elaboradas pelo setor, temos uma diferença brutal em resultados importantes para os projetos de construção civil.

A Tecnologia da Informação é aplicada em diversos setores, sendo um conjunto de atividades que zelam pelas informações que uma companhia possui e transmite. Assim, ela deve organizar maneiras de construir e manter em operação as plataformas virtuais que o negócio usa para gerir seus dados, automatizar tarefas e melhorar resultados.

Ou seja, de maneira geral, ela engloba soluções tecnológicas de comunicação das empresas, principalmente para produzir, acessar, proteger, transmitir, gerenciar e utilizar seus dados.

A importância da TI na construção civil

Com o avançar da tecnologia, cada vez mais os setores da indústria estão buscando ferramentas tecnológicas que possam colaborar na otimização dos processos manuais da obra. Com isso, é possível melhorar a eficiência e produtividade dos empreendimentos, além de melhorar a qualidade dos mesmos.

Por isso destacamos a importância dos dados e informações que são gerados durante um projeto de construção civil. Estas informações servem para coordenar as equipes, organizar o cronograma da obra e também garantir que fique dentro do orçamento. Além disso, colabora na tomada de decisões, que podem ser feitas de forma mais ágil e colaborar na solução de problemas rapidamente.

Desse modo, a TI na construção civil serve para melhorar os processos, organizando tarefas, gerenciando recursos, controlado o estoque, realizando a comunicação interdepartamental, entre outros fatores benéficos. Por isso você deve colocar os processos de TI em posição de destaque na sua obra, principalmente para ter uma gestão empresarial estratégica.

Benefícios da TI no gerenciamento de obras

Capacidade de automatizar tarefas – A tecnologia como um todo veio para tornar os trabalhos mais simples e rápidos. Muitas vezes este tipo de processo ocorre com a automatização dos processos. Assim, com as inovações no processamento de informações, pode-se realizar, em segundos, tarefas que tomariam horas manualmente, ou até que seriam inviáveis de serem realizadas pelos profissionais.

Além disso, é comum que a máquina cometa menos erros do que o ser humano. Assim, ela é capaz de fazer cálculos automatizados, gerando projetos, orçamento, entre outros documentos, com precisão e a garantia de qualidade. Tudo isso em menos tempo, com maior segurança, eficiência e precisão e evitando possíveis retrabalhos que antes eram causados por equívocos ou acidentes.

Criação de infraestrutura – Criar todos esses processos, informações e dados requer muito espaço digital e servidores que suportem o volume desse tráfego. Assim, os profissionais de TI ficam responsáveis por estabelecer servidores e desenhar processos, fazendo com que toda a infraestrutura comunicacional da empresa funciona de maneira adequada.

Pensando na TI no gerenciamento de obras, ela é capaz de gerir todos esses processos, estabelecendo uma comunicação seja plena e funcional dentro do canteiro de obras. Isto é fundamental para o andamento do projeto e ao centralizar as informações integradas em um único sistema, facilita a comunicação entre os colaboradores e reduz as probabilidades de perda de informações e má interpretação de dados.

Estruturação para uso de softwares – A TI no gerenciamento de obras utiliza de diversos programas para cada uma das etapas da construção, realizando a administração do projeto com maestria. Estes softwares, atualmente, podem ser utilizados para automatização de processos, facilitar a comunicação e o acesso às informações de forma remota, aumentar a produtividade e qualidade do projeto, trazer maior segurança no armazenamento dos dados. Todos estes benefícios são realizados por programas utilitários, mas existem alguns que são fundamentais para uma construção moderna. Além disso, cabe a TI fazer a integração de ferramentas fundamentais, mais antigas, com as novas tecnologias.

Otimização da gestão empresarial – Na construção civil, o uso de softwares e da TI no gerenciamento de obras colabora na tomada de decisões também na área estratégica. Assim, os gestores conseguem se pautar em dados e informações concretas que foram geradas durante os processos construtivos. Essa profissionalização da informação impacta na gestão do negócio, otimizando o trabalho e fazendo com que a empresa fique mais bem conceituada para os clientes e parceiros.

Deixe uma resposta