(47) 3361-3932        Seg - Sex: 9:00 - 18:00        [email protected]
Entenda a técnica de aterramento na construção civil
técnica de aterramento

Entenda a técnica de aterramento na construção civil

Existem diversas técnicas utilizadas para a construção civil que são muito importantes. Nas obras, podemos citar o uso da terraplenagem e demolição, por exemplo. Estas etapas começam a ser pensadas no início do projeto, com a fase de planejamento. Por isso é preciso ter bastante conhecimento prévio do terreno onde uma obra será realizada. Principalmente porque os terrenos, em sua grande maioria, não estão em perfeitas condições. E é aí que entra a técnica do aterramento.

É muito comum encontrarmos terrenos irregulares na hora de idealizar o projeto de uma construção. Seja por estarem em elevação ou desnivelados, quase sempre é preciso modificá-los para a continuação do projeto. Nesse sentido, a técnica do aterramento é utilizada para  tornar o terreno todo plano. Assim, o terreno estará pronto para a utilização e também atenderá todos requisitos de segurança exigidos.

Obviamente existe a possibilidade de não ser necessário realizar o aterramento de um terreno. Mas isso só será possível se for constatado no projeto que o terreno está em condições perfeitas para receber a obra. Assim, somente seriam aplicadas outras técnicas para o trabalho. Mas como as chances disto acontecer são remotas, a técnica do aterramento se torna fundamental.

Além disso, é uma regra da engenharia que a casa esteja no mínimo 10 cm mais alta que o nível da rua. Desse jeito evita-se casos de inundação, infiltração e acúmulo de água por chuva. O aterramento geralmente é realizado com a inserção de terra, podendo ser colocados cascalhos em conjunto. O material utilizado é, muitas vezes, retirado do próprio processo de escavação do terreno. Pode ocorrer também a necessidade de compra deles em locais com estoque preenchido.

O aterramento também pode ser utilizado no sentido contrário. Ou seja, para aumentar a medida de uma área específica cria-se um relevo ou um desnível proposital. Tudo isso é feito para que o terreno esteja em condições ideais de receber a obra.

O muro de arrimo na técnica de aterramento

Como dito anteriormente, existem situações que a técnica de aterramento é utilizada para criar um desnível. Também é possível ser mais vantajoso encaixar o projeto dentro das elevações do terreno, já que obras de grande porte podem passar do orçamento. Nestes casos, utiliza-se a construção do muro de arrimo.

O muro de arrimo serve para suportar a terra e também para isolar o terreno. Ele é uma solução de segurança para terrenos em declive ou com inclinação que receberão cortes para se tornarem planos. Ou seja, ele garantirá a sustentação da terra, sem que ocorram deslizes ou outros problemas. Após a construção do muro de arrimo é recomendado aguardar sete dias de sol para continuar o processo de aterramento. Esse intervalo de espera deve-se ao fato de ser necessário esperar as vigas e o concreto secarem. 

É importante lembrar que toda obra, de grande, médio ou pequeno porte, precisa de serviços profissionais especializados. Assim, você garantirá a qualidade, segurança e duração da construção.

Deixe uma resposta

Fechar Menu