You are currently viewing Quando é necessário fazer terraplenagem?
Quando é necessário fazer terraplenagem?

Quando é necessário fazer terraplenagem?

Muitas vezes na hora de construir um novo empreendimento, a importância da terraplenagem é subestimada. Empresas não se preocupam com este processo e fazem de qualquer maneira ou até mesmo não a realizam, pensando em economizar a qualquer custo.

No entanto, para que a construção de um prédio ou uma casa seja feita com qualidade e até mesmo eficiência, a terraplenagem deve ser priorizada e executada por profissionais qualificados e experientes.

Na realidade, nunca encontramos um terreno completamente perfeito para receber uma nova construção. Ou seja, sempre vai existir alguma característica que impossibilite a estrutura ficar da melhor maneira possível. E, por isso, a terraplenagem é tão fundamental para a construção civil.

Basicamente, a terraplenagem é a colocação ou a retirada de terra para deixar um terreno plano. Desse modo, ela resolve uma série de problemas que podem dificultar a construção.

No começo do procedimento, um pouco de terra é retirado da parte mais alta do terreno e depositada na parte mais baixa. Tudo isso deve ser feito por profissionais qualificados e com equipamentos especiais e modernos.

Além disso, devemos destacar que nenhum procedimento deve ser iniciado sem um planejamento. Para a terraplenagem, também deve ser feito o cálculo correto do quanto de terra precisa ser retirado (corte) e depositado (aterro) para que ele fique plano. 

Também deve-se estabelecer o método a ser utilizado, que vai variar conforme o tipo do projeto. A maneira mais eficiente no preparo da terra para o início da construção é misturar o método hidráulico com o mecânico.

O método mais utilizado é a escavação mecânica, onde é utilizado um maquinário moderno e pesado, como tratores. Eles fazem a parte mais superficial, colaborando também na compressão da terra. 

Ainda são feitas operações de escavação com transporte, espalhamento e compactação de terras. Essa movimentação de grandes quantidades de solo serve para atender os projetos topográficos, reforçando o piso e tornando ele mais seguro.

Já a escavação hidromecânica utiliza diversas máquinas diferenciadas, como é o caso da escavadora hidráulica. Ela usa a água para realizar a terraplenagem, fazendo a sucção da terra juntamente com o líquido.

 

Quando é necessário fazer terraplenagem?

 

Na construção civil, a terraplenagem é a base da maioria das obras. Antes mesmo da obra começar ele deve ser executado e realizado com supervisão de bons profissionais. Tudo isso para evitar problemas futuros como erosão e deslizamento de terra.

Nesse sentido, basicamente o que definirá quando é necessário fazer a terraplenagem será o perfil do terreno, as cotas abaixo ou acima dos níveis da rua e também o grau de dificuldade para executar a terraplenagem.

Em geral, utilizam-se máquinas retroescavadeiras, pás carregadeiras e tratores de esteira. Assim é possível fazer o nivelamento do solo de maneira eficiente e muito mais rápida do que aconteceria caso o trabalho fosse feito de forma manual.

Também é importante considerar o grau de complexidade exigido para tornar o solo perfeito. Muitas vezes o custo da terraplenagem pode ser bastante alto e, por isso, a escolha do terreno e dos melhores métodos de terraplenagem  é primordial para o sucesso do seu novo empreendimento.

No planejamento também ocorre o estudo do solo, avaliando as partes que estão em aclive ou declive e outros pontos importantes como o tipo de solo e a resistência para suportar as cargas nas fundações. Após isso, na construção civil, existem técnicas que são mais utilizadas e tornam o processo mais seguro e eficiente.

  • Aterramento: quando o espaço precisa receber terra, sendo a mais utilizada a terra vermelha.
  • Escavação: feita apenas quando é necessária a retirada do excesso de terra.
  • Destocamento: retirada de restos de árvores ou de plantas.
  • Drenagem: retirada de água.
  • Demolição ou remoção: necessária para terrenos que já possuem uma edificação e que precisa ser derrubada para dar lugar a outra.
  • Compactação do solo: são usados rolos compressores para gerar estabilidade ao terreno.

Se a terraplenagem for malfeita ou então nem todos os procedimentos necessários forem realizados, diversos problemas podem acarretar para a obra. 

Além disso, como destacamos diversas vezes, é fundamental que todo o processo seja feito e acompanhado por profissionais especializados. O resultado de uma terraplenagem malfeita pode ser bem desastroso, além de colocar a sua obra em risco.

Os problemas mais comuns são a erosão e o deslizamento de terra, principalmente nos terrenos nas encostas de morros que são bastante inclinados. Também é importante tomar bastante cuidado com a inclinação segura do terreno para evitar a descida de barreiras.

Em um curto espaço de tempo também poderão ocorrer rachaduras na própria edificação que, muitas vezes, comprometem sua estrutura, inviabilizando sua ocupação. 

No longo prazo, a terraplenagem malfeita desencadeia a desestruturação do solo, comprometendo toda a rede de drenagem e se tornando uma das principais causas de possíveis enchentes da região.

Já em relação aos procedimentos legais, deve-se verificar detalhadamente como funciona o código de obras da cidade, analisando as exigências e impedimentos construtivos em áreas inclinadas, evitando que a obra seja embargada mesmo com a terraplenagem realizada de maneira correta.

Por último, existem questões que envolvem a retirada da vegetação e verificar se não está sendo feita em uma área de preservação. Também é necessário obter a licença de corte e fazer o descarte dos materiais corretamente.

Deixe um comentário