(47) 3361-3932        Seg - Sex: 9:00 - 18:00        [email protected]
Inovação: O primeiro túnel para navios do mundo está sendo construído na Noruega

Inovação: O primeiro túnel para navios do mundo está sendo construído na Noruega

O governo norueguês já investiu bilhões no projeto do primeiro túnel para navios do mundo, que deve iniciar no próximo ano.

O primeiro túnel para navios do mundo será construído na Noruega, o governo do país aprovou 2,7 bilhões em fundos necessários para o projeto. Denominado Stad Ship Tunnel, o empreendimento será capaz de acomodar navios de cruzeiros e de carga de até 16.000 toneladas, terá 1.700 metros de comprimento, 36 metros de largura e 49 metros de altura. As obras devem começar em 2019 com previsão de término até 2023.

Localizado no ponto mais estreito da península de Stadtlander, fazendo uma travessia que estenderá o túnel até as proximidades da região de Selje, ligando a baía de Kjødepollen, ao fiorde Moldefjorden. (conforme mapa abaixo).

Essa região foi escolhida por ser uma área de condições particulares de navegação,  onde o clima tem sido considerado durante décadas um grande obstáculo, registrando nas proximidades, entre 45 e 106 dias de tempestade por ano, além de causar ondas pesadas por vários dias consecutivos. A ideia é que o túnel propicie maior segurança à navegação, já que permitirá aos navios desviarem dessa partes traiçoeiras do Mar de Stadhavet.

As técnicas a serem utilizadas serão semelhantes às empregadas na construção de ferrovias e rodovias. Para a escavação serão usados tuneladoras subaquáticas e logo em seguida, jateamento de concreto e revestimento com peças pré-fabricadas do mesmo. Por questões ambientais, dinamites não serão utilizadas para retiradas dos 3 milhões de metros cúbicos de rocha.

Além de garantir a melhoria na segurança dos navegadores, o túnel estimulará uma das principais atividades econômicas do país: a pesca, e também vai fomentar o aumento do turismo na região. O gerente de projetos, Terje Andreassen, garantiu mais uma vantagem desse grande obra, beleza e design: “Em uma paisagem tão delicada, o túnel tem que ser mais do que uma simples intervenção na natureza. Iremos colocar muitos esforços para torná-lo esteticamente atraente.”

Os navios que farão uso através do túnel obterão tempo de travessia controlado por um centro de tráfego, como aviões em um aeroporto, por exemplo, para evitar acidentes e, consequentemente, congestionamentos. É esperado que o túnel tenha acesso diario de 90 embarcações, e a partir de cobranças de pedágio, o valor investido possivelmente retornará em 5 anos. Embora existam túneis similares, como Canal do Midi, na França, nenhum destes se equiparam ao porte e infraestrutura de tal empreendimento.

E você, o que achou dessa novidade? A engenharia e a arquitetura vem evoluindo ao longo dos anos e os resultados são impressionantes. Compartilhe essa novidade com seus amigos! Veja outros conteúdos aqui!

 

 

 

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu